Psicomotricidade! Você já ouviu falar nesta palavra e em como ela é importante para o desenvolvimento do seu filho? Então este post é muito importante para você, que tem uma criança pequena em casa. Já te contamos sobre a importância de brincar e de usar a criatividade neste post; hoje, vamos te mostrar como o movimento é importante para o desenvolvimento na primeira infância. Mas, antes de tudo, precisamos entender o que é psicomotricidade.

 

          Na educação infantil, chamamos de psicomotricidade o aspecto do desenvolvimento que está ligado ao movimento como forma de aprendizado, seja para a criança explorar o próprio corpo ou o meio a sua volta. É a partir dela que a criança conhece os seus próprios limites e descobre como superá-los.

 

           

          E só você parar e pensar na palavra: o prefixo psico refere-se ao estudo da mente humana; enquanto isso, motricidade diz respeito aos conjuntos de funções nervosas que permitem os movimentos voluntários e automáticos do corpo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

               A psicomotricidade existe nos menores gestos, como ler, escrever, desenhar, abraçar, caminhar, correr, jogar bola. E uma vez que o desenvolvimento infantil ocorre do geral para o específico, podemos falar que a psicomotricidade é a base fundamental para o processo intelectual e de aprendizagem da criança, sendo essencial e indispensável para o desenvolvimento infantil global e uniforme.

 

 

 

          E por que a psicomotricidade é importante para o desenvolvimento infantil?

 

          A educação infantil ocorre por meio de vivências e brincadeiras das crianças. Ou seja, a partir da sua relação com o mundo, ambiente, objetos e com elas mesmas. Já falamos um pouco sobre o desenvolvimento do seu filho neste post! Por isso, podemos dizer que não existe educação infantil sem movimento. E uma vez que a dimensão psicomotora da aprendizagem está ligada à relação entre corpo, movimento e expressão, um corpo que não tem as suas relações psicomotoras bem relacionadas ao longo da vida pode apresentar dificuldade no desenvolvimento de outras dimensões de aprendizagem, como a cognição e afetividade, conforme já te mostramos neste link.

 

          É a partir da psicomotricidade que a criança toma consciência de si mesma, do seu corpo como um todo e seu corpo em relação ao ambiente, entendendo a importância de se expressar e compreender o meio em que vive. Além disso, é a partir do movimento que a criança desenvolve o seu intelecto e afeto.

 

 

          Por exemplo, apenas uma boa coordenação motora permite que a criança inicie o seu processo de escrita. Assim como ela também precisa saber concentrar-se para ler. Despertando o ser humano a partir de atividades motoras é possível unir corpo e mente, tornando a criança um ser criativo e apto a realizar atividades mais complexas.

 

          Para crescer, aprender e se desenvolver, o seu filho precisa se movimentar: correr, pular, se sujar e brincar. Se você quiser entender mais sobre psicomotricidade e conferir as nossas 5 dicas de brincadeiras, é só baixar o nosso e-book Movimento: o que não te contaram sobre o desenvolvimento infantil neste link!