Vamos ser rápidos e diretos: criança aprende brincando. E se você já acompanha o nosso projeto, deve ter lido neste post  sobre a importância do lúdico, do faz-de-conta e da brincadeira. Isso porque é por meio da imaginação que o seu filho vai desenvolver da melhor maneira as suas habilidades sócio-afetivas. Mas, muito mais que isso, é por meio delas que o seu filho vai exercitar a sua psicomotricidade, ritmo, concentração, equilíbrio e muito mais.

 

Se você acompanha a gente há um tempo, também já ter lido sobre a importância da Escola de Educação Infantil neste processo, afinal, é ela que vai ajudar os pequenos a criar novos vínculos e acompanhar de pertinho, com um olhar individualizado, as percepções de mundo das crianças. Nós contamos tudo sobre a importância do trabalho conjunto de pais e escola neste post.

 

            Hoje, nos estamos aqui para te indicar as melhores brincadeiras para você e o seu filho fazerem em casa mesmo, durante o tempo de livre. Confira:

           

  1. ESTATUA

Como brincar: Pode ser feita ao ar livre ou dentro de casa mesmo. Quanto mais gente melhor, mas pode ser adaptada e feita apenas entre os pais e o pequeno. A ideia é ter alguém de juiz, essa pessoa fica responsável por determinar o momento de “ESTATUA”, pode ser gritando ou parando uma musica no meio. O primeiro a se mexer está desclassificado (não vale rir).

 

O que você vai estar trabalhando: concentração e equilíbrio.

 

 

2- CANTAR CANTIGAS DE RODA

Como brincar: Quem nunca brincou de Ciranda Cirandinha, Escravos de Jó ou Marcha Soldado? Além de ser uma alternativa simples, também pode ser feita ao ar livre ou dentro de casa mesmo, com duas ou mais pessoas. A ideia é cantar e dançar ou fazer movimentos ordenados em conjunto. Este site tem 45 cantigas folclóricas para você aprender. Acesse e aproveite!

 

O que você vai estar trabalhando: psicomotricidade, memória e ritmo (a dança de Escravos de Jó também, também, a concentração, linguagem e coordenação motora).

 

 

3- JOGO DA MEMÓRIA

Como brincar: Você pode comprar um Jogo da Memória ou fazer você mesmo. È só escolher 15 pares (ou mais) de imagens diferentes. É a melhor opção para dias chuvosos e pode ser brincado com duas ou mais pessoas. Para jogar é só espalhar as imagens e vira-las para baixo. O objetivo é formar o maior número de pares possíveis. 

 

O que você vai estar trabalhando: Raciocínio lógico.

 

 

4- BRINCADEIRAS EM GRUPO

Como brincar: Pega-pega, Esconde-esconde, Amarelinha, Teatrinho... Com certeza você já brincou disso em algum momento da vida. São brincadeiras que não precisam de muita coisa e as melhores opções para se fazer ao livre. Assim, além de brincar e se divertir, os pequenos já ficam em contato com o ar livre!

 

O que você vai estar trabalhando: Desenvolvimento sócio-afetivo, aprende a lidar com opiniões diversas, estimula o contato com a natureza, motricidade ampla e percepção do espaço corporal.

 

 

5- TRABALHOS COM TINTA

Como brincar: Folha de papel (qualquer uma, melhor ainda se for rascunho), tinta e um espaço e roupa que o seu filho possa usar sem se preocupar em sujar ou não. Isso é tudo que você precisa para esta “brincadeira”. Você pode trabalhar com ele criar a sua própria obra, ou pintar um desenho dentro da linha. A parte legal é que, no fim, você pode reunir todos os desenhos do seu pequeno e fazer uma exposição de arte na sua própria casa para valorizar o trabalho dele.

 

O que você vai estar trabalhando: Trabalha a motricidade fina e criatividade