Antes de começar este texto, precisamos desconstruir com você rapidinho o conceito de “luto”. Isso porque quando falamos nesta palavra associamos diretamente com a perde de alguém próximo. Entretanto, este processo é muito maior e estar ligado, também, as nossas perdas diárias ou dores que não podem ser compartilhadas.

 

          O luto refere-se à ausência, ou melhor, ao convívio com a ausência e é a reação do nosso cérebro ao perder algo ou alguém que amamos.

 

          Coloque-se no lugar de alguém que perdeu o emprego de repente ou terminou um relacionamento de anos. Involuntariamente ela pode ser preenchida por aquele sentimento de vazio, de “e agora”. E se para um adulto é complicado, imagine para uma criança, que recém chegou a este mundo e tudo é novo e muito mais intenso.

          A boa notícia é: o faz-de-conta, a fantasia e todo mundo lúdico que faz parte da primeira infância está aí justamente para ajudar a lidar com estas questões de vida x morte, grandes mudanças e transformações.

 

 

 

TOP 5 FILMES PARA ASSISTIR COM O SEU FILHO

 

 

          1 – Lilo & Stitch (2002, 1h25min)

 

          “Ohana quer dizer família, família significa nunca mais abandonar ou esquecer”. Talvez esta seja a grande mensagem do filme, que mostra a história de Lilo, uma garota havaiana, e de Stitch, uma criatura alienígena que foge para a Terra. Mas o longa da Disney nos ensina ainda a quebrar preconceitos, como somos diferentes uns dos outros e os formatos de família podem variar conforme cada história, e como as pessoas podem mudar. Além disso, de forma divertida e leve, percebemos como as relações são imperfeitas e que é possível sempre ver o melhor nos outros.


         

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

         Confira o trailer aqui!

 

 

          2 – Divertida Mente (2015, 1h35min)

 

          O filme começa com a personagem Rilley, de 11 anos, mudando de cidade. De uma hora para outra, tudo muda. O filme se passa todo dentro da cabeça da pré-adolescente e nos ensina muitas coisas sobre as nossas emoções, personalidade e sentimentos. Talvez, a lição mais visível seja como não existe sentimento melhor ou pior e como chorar também é importante. Além disso, podemos perceber como as nossas emoções são complexas e responsáveis por fixar as nossas memórias, que moldam e influenciam a nossa personalidade.


         

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

         

         Confira o trailer aqui!

 

 

          3 – A Noiva-Cadáver (2005, 1h18min)

 

          Quem já está acostumado com as direções de Tim Burton não vai ficar surpreso pelo estilo mais sombrio da animação. A primeira vista, pode parecer que o filme não seja adequado para o seu filho, mas a verdade é que o filme trabalha a questão de vida x morte de forma leve e alegre, mostrando que a morte não precisa ser ruim, e que as pessoas que partem estão bem e felizes. E isso fica facilmente perceptível não apenas pela história, mas, também porque o mundo dos vivos é um lugar mais cinza e todo o colorido do longa fica por conta do mundo dos mortos.


         

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

         Confira o trailer aqui!

 

          4 – Viva: A Vida é uma Festa (2017, 1h49min)

 

          Seguindo a mesma linha de A Noiva Cadaver, o filme também trabalha de uma forma lúdica, fantasiosa e colorida a questão de vida e morte, mostrando que a morte não precisa ser algo ruim. Mas a trama vai além e nos apresenta a importância da família e de celebrar a vida, assim como manter vivas as memórias de pessoas que amamos.

         

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

         

 

         Confira o trailer aqui!

 

 

          5 – O Bom Dinossauro (2015, 1h40min)

 

          O filme parte da premissa de que o meteoro que extinguiu os dinossauros errou o alvo, assim, eles vivem na Terra ao mesmo tempo que os seres humanos. Ao longo da história são ensinadas lições de como é importante ter coragem, o valor de amizades e da família. Mas, talvez, um dos grandes ensinamentos da trama é a aceitação: muito mais que enfrentar os nossos medos, precisamos ter coragem para nos aceitar e aceitar as coisas da forma que devem ser.


         

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

          Confira o trailer aqui!

 

 

          Que tal, agora, ler um pouco mais sobre o luto infantil, quais são as etapas e o que fazer para ajudar o seu pequeno a passar por isso? Então baixe agora o nosso e-book “Ensinando o seu filho a lidar com frustrações e mudanças”.